Ferramentas essências de TI para sua empresa

Não importa o tamanho da sua empresa, a tecnologia pode ser incorporada a vários processos operacionais e tornar a rotina interna ainda mais eficaz e econômica, novos recursos e necessidades surgem diariamente no segmento de tecnologia.

Com um crescimento de mercado cada vez mais acelerado, as empresas se encontram com o desafio de acompanhar novidades digirais que possam trazer benefícios aos resultados de seus negócios. A tecnologia integrada aos processos da rotina corporativa traz economia, auxilia no gerenciamento de pessoas, informações e recursos, garantindo maior eficácia nas atividades das áreas.

Entretanto, o passo inicial consiste no mapeamento das principais necessidades do setor, além disso, avaliar os recursos passiveis de serem investidos nessas ferramentas essenciais de TI também é importante. Dessa forma fica mais fácil de identificar as soluções que podem agregar valor ao departamento, afinal. Adquirir softwares com funcionalidades desnecessárias é o mesmo que jogar dinheiro e tempo fora.

 

O que são e para que servem as ferramentas de TI?

As ferramentas de TI podem ser metodologias ou softwares que otimizam ou potencializam um processo. Sua finalidade dependerá do objetivo pelo qual ela é aplicada, mas na maioria das vezes, estes meios ajudam líderes e gestores no desenvolvimento de seus projetos, equipes ou tarefas desempenhadas.

Atualmente, é muito difícil encontrar um negócio que não use a internet em suas operações, no ciclo de vendas e nas interações com o público, mais raro ainda é encontrar uma empresa que não implemente uma ferramenta de TI para otimizar alguma atividade – mesmo que seja nas situações mais simples, por exemplo, o uso de um software como banco de dados, armazenando informações.

O uso de ferramentas de TI é uma escolha estratégica, pois, além de atender e remediar qualquer necessidade que possa surgir, elas podem ser itens agregadores de valor para os procedimentos internos, já que também conseguem agir como garantia de segurança e acelerar o aumento da produtividade de forma geral, o empresário, CEO ou gerente que não está preocupado com o impacto que as ferramentas podem ter na infraestrutura de TI, corre o risco de retardar o desenvolvimento do negócio ou até mesmo de colocar ele em estado de vulnerabilidade.

 

Quais são as principais ferramentas de TI para empresas?

Ao pensar em uma rotina empresarial, é possível encontrar soluções realizadas por máquinas para muitos processos. Como as ferramentas de TI são softwares, ou seja, não englobam o maquinário físico, suas soluções estão focadas na parte logica e estratégica. Iremos te mostrar algumas das principais soluções que pode vir a impulsionar o desempenho e otimizar os resultados da empresa!

  1. Sistemas de gestão integrada (ERPs)

Também chamados de ERPs, os sistemas de gestão integrada são indispensáveis para o sucesso das políticas administrativas de negócios que estão em expansão ou lidam com um grande número de informações diariamente. Em ambos os casos, tais ferramentas promovem uma maior integração entre setores, tornando toda a cadeia operacional mais eficaz.

Com a ampliação de negócios, muitas vezes a localização geográfica se distribui em vários pontos, impedindo o encontro físico entre toda a equipe. Um ERP facilita a integração de dados dos mais diversos setores em tempo real, mesmo que a distância. Assim, é possível ter maior compreensão dos processos e logísticas, além de entregar um atendimento mais completo para o cliente.

Vale destacar também que as ferramentas de gestão fazem da coleta e do processamento de dados internos praticas muito mais precisas, mantem os registros de transações financeiras, vendas, estoques e demais informações corporativas em um ambiente centralizado, o ERP facilita o acesso aos dados da empresa, tornando processos de tomada de decisões mais eficazes.

Entre os diversos benefícios dessa ferramenta de TI, pode se destacar:

  • Segurança de dados ­— permitindo o armazenamento e a troca de informações na nuvem sem colocar a empresa em risco, além de manter o negócio em conformidade com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais) para o tratamento de dados dos clientes;
  • Escalabilidade — possibilitando o crescimento sem a necessidade de m investimento proporcional para isso;
  • Otimização dos custos — com a escalabilidade, o crescimento da empresa não fica mais atrelado a novos gastos, permitindo maior lucratividade;
  • Acesso remoto — o que garante o trabalho a distância ou de várias localizações geográficas com informações necessárias;
  • Redução de tempo de resposta — com o processamento de todas as informações em tempo real.

 

  1. Soluções de backup remoto

Uma política de backup eficaz deve incluir o uso de várias ferramentas, isso garante a alta confiabilidade das copias criadas e meios para a recuperação de um registro que tenha sido alterado indevidamente. Nesse cenário, o cloud backup está de destacando como uma forma eficaz e barata de manter arquivos protegidos.

Por meio dele, empresas podem criar snapshots de seus bancos de dados e arquivos importantes em servidores remotos. Assim, caso algum equipamento falhe, será possível acionar a ferramenta de recuperação remotamente, eliminando a necessidade do acesso físico ao computador que está com problemas para a recuperação dos dados.

  1. Ferramentas de sincronização de arquivos de nuvem

A popularização das conexões de alta velocidade e o aumento da capacidade dos dispositivos mobile estão impulsionando formas de trabalho mais flexíveis, hoje, um profissional atua em sua casa, em cafeterias e até mesmo no ambiente de empresas parceiras. Essa forma de trabalho demanda o uso de ferramentas que facilitem o acesso a dados corporativos em mais ambientes, como é o caso dos serviços de clound storage.

Tais ferramentas fazem a sincronização automática de um arquivo e de todas as suas eventuais alterações, que podem ser feitas e acessadas simultaneamente por diferentes aparelhos, já que o documento fica salvo na rede.

No entanto, para que uma empresa possa aumentar o grau de mobilidade de suas operações, é crucial que cuidados de segurança sejam tomados. Gestores de TI devem definir corretamente quais são os dados que poderão ser armazenados em aparelhos pessoais, além de incentivar o uso de criptografia e outras soluções de segurança que evitem o acesso não autorizado às informações.

 

Há uma década, ainda era comum que a maioria dos softwares e aplicações precisassem ser baixados nas máquinas para então serem usados. Além disso, os sistemas eram offline, precisando de backups para a atualização das informações. Hoje, há uma tendência de vários softwares de oferecer uma versão online para sua execução, além da sincronização dos dados na nuvem.

  1. Softwares de monitoramento

O monitoramento de recursos de TI é uma das formas mais eficazes de garantir a otimização continua da infraestrutura de serviços digitais de uma empresa. Por meio de soluções que avaliam automaticamente e disponibilidade e a segurança de sistemas e equipamentos de rede, os gestores podem identificar falhas, verificar o impacto de medidas de otimização e tornar as suas práticas de gestão mais eficazes.

Esse tipo de ferramenta não é muito explorado até mesmo nos dias atuais, entretanto é fundamental para ajudar a identificar falhas rapidamente, agilizar correções e otimizar a análise de dados.

 

Mas para que serve essas ferramentas?

As ferramentas para gestão de empresas servem para gestão de empresas servem para garantir melhor desempenho e resultados nos processos da rotina organizacional, as ferramentas de TI tem diversas funcionalidades de acordo com as necessidades do negócio.

Surgem novas soluções para atender as demandas do mercado, constantemente, por esse motivo, o principal papel dos softwares e aplicações está ligada às questões apresentadas pela empresa.

Elas são usadas para o tratamento de dados, a organização da empresa, para agilizar os processos, para a integração e a comunicação.

Você já deve ter percebido como a implementação de softwares e aplicações pode ser um excelente diferencial competitivo para o seu negócio, afinal alguns dos benefícios que ele mostra é melhorar a visão, sendo que um dos pontos fundamentais da gestão empresarial é a capacidade de enxergar o negócio como um todo, além disso, também é importante conseguir ter acesso a dados relevados, possibilitando um processo de tomadas de decisões embasado em indicadores válidos.

O aumento da segurança, como as ferramentas de TI, como os sistemas de gestão, vai ao encontro dos 3 aspectos apresentados, garantido uma segurança integral dos dados e com isso reduz possíveis falhas.

 

Qual a importância da integração das diversas ferramentas?

Como explicamos, as opções de ferramentas de TI são muito grandes, e há uma tendência de esse leque se ampliar cada vez mais no mercado, para garantir a maior eficiência e fluidez com o uso de tantos softwares e aplicações, uma das principais preocupações que deve ser observada é a integração entre as soluções tecnológicas usadas pela empresa.

Se o setor de estoque não é integrado com o setor de vendas, ou o histórico de contratos com o cliente fica alocado em diversas ferramentas, todos os processos acontecerão de forma mais lenta e com possibilidade de falhas. Assim, a integração dos diversos setores da empresa só traz vantagens em um cenário que pede tomadas de decisão e ações cada vez mais dinâmicas.

Dessa forma, fica mais fácil compartilhar informações relevantes entre os colaboradores e oferecer uma experiencia de qualidade para os prospects e clientes.

 

Quais os cuidados ao escolher essas ferramentas?

Assim como em outras contratações de serviços, existem alguns cuidados básicos que devem ser considerados, como o tempo de experiência da empresa contratada, os cases de sucesso e os depoimentos de outros clientes. Além disso, para a escolha acertada de uma ferramenta de TI, também é muito importante analisar a qualidade do suporte oferecido pela marca.

Isso porque, no caso de dificuldades com o uso da ferramenta ou mesmo surgimento de erros, você dependerá dessa equipe para solucionar as questões e voltar às atividades normais. Se possível, compare também a qualidade da interface e a usabilidade das ferramentas que você pretende adquirir. Afinal, ao contratar um software, é normal que vários membros da equipe usem a ferramenta.

Ter uma gestão de TI proativa torna todo o trabalho do setor de tecnologia mais eficiente. Soluções como as apresentadas neste artigo auxiliam na flexibilização de rotinas, aumentam o grau de automação de processos e diminuem os índices de erros. Na escolha de ferramentas de TI, é fundamental encontrar aquelas que atendem às demandas do seu negócio e contar com soluções que estão diretamente relacionadas com a otimização da gestão de maneira global. Gostou do conteúdo? Continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro dos assuntos relacionados a tecnologia e não esqueça de nos seguir em nossas redes sociais.